Mulheres na Computação: Uma Análise da Participação Feminina nos Cursos de Licenciatura em Computação

Wilk Oliveira dos Santos

Resumo


A inclusão das novas tecnologias digitais nos mais diferentes contextos sociais tem alterado substancialmente a forma como as atividades cotidianas têm sido feitas, inclusive nos contextos educacionais, fazendo surgir o curso de Licenciatura em Computação, com o objetivo de formar profissionais capazes de lidar com o uso e desenvolvimento destas tecnologias para educação. Ao mesmo tempo, ao longo da história, as mulheres tem tido participação substancial neste fenômeno, desde os princípios da Computação, perpassando por todo seu processo evolutivo e culminando com o desenvolvimento das novas tecnologias digitais. Assim, este artigo apresenta um estudo com o intuito de analisar a participação do público feminino nos cursos de Licenciatura em Computação no Brasil. Os principais achados indicam a baixa participação do publico feminino em comparação com o masculino e a necessidade de politicas de fomento com intuito de aumentar a participação feminina no curso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5753/cbie.wcbie.2017.814

Apontamentos

  • Não há apontamentos.