Impacto do uso de infográficos como materiais de aprendizagem e suas correlações com satisfação, estilos de aprendizagem e complexidade visual

Kamila Lyra, Seiji Isotani

Resumo


Infográficos são materiais baseados em gráficos, textos e técnicas de design gráfico que visam facilitar a aprendizagem de um conjunto de informações. Apesar deste formato ter se popularizado nos últimos anos, verifica-se que são raras as evidências empíricas demonstrando seu real impacto na aprendizagem. Dessa forma, levanta-se a seguinte questão de pesquisa: será que os infográficos são materiais de aprendizagem mais adequados/efetivos do que os materiais tradicionalmente empregados (i.e. gráficos e textos)? Para responder à essa questão, até então sem resposta, desenvolvemos um arcabouço de ferramentas e um protocolo experimental que permite a realização de pesquisas empíricas sobre o uso de infográficos na aprendizagem. Em seguida, realizamos experimentos controlados com 74 alunos de graduação estudando conceitos sobre meio-ambiente utilizando diferentes tipos de materiais. Os resultados obtidos por meio de análise estatísticas indicam que infográficos são mais benéficos que os materiais tradicionais em termos de eficiência de aprendizagem e que outros fatores como a satisfação tem um papel fundamental no aprendizado do aluno. Dessa forma este trabalho possui três contribuições principais: (i) a produção de resultados empíricos demonstrando os benefícios dos infográficos para a aprendizagem, até então raramente disponíveis à comunidade; (ii) a criação de um arcabouço de ferramentas e um protocolo experimental que permitem a realização de pesquisas quantitativas na área de informática na educação com forte rigor científico e reprodutibilidade; e (iii) o desenvolvimento de um framework para classificação da complexidade, específico para infográficos, até o presente momento inédito na literatura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5753/cbie.wcbie.2017.46

Apontamentos

  • Não há apontamentos.