Elementos de Percepção para a Cooperação: Estudo de Caso em editores de textos Web na perspectiva de usuários cegos

Rodrigo Machado, Débora Conforto, Lucila Santarosa

Resumo


Este artigo problematiza os limites e as possibilidades da interação de usuários cegos com editores de textos Web colaborativos. Caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa, exploratória/explicativa, cujo objeto de estudo é a implementação de regiões vivas, ferramenta de acessibilidade que opera como condição de possibilidade para a interação e a interdependência positiva entre usuários cegos e aplicativos Web cooperativos. Com base no contexto sociocultural de afirmação da diferença e nos espaços-tempo de cooperação estabelecidos pela Web 2.0, conceitualmente alicerçado na área de pesquisa da Computer Supported Cooperative Work, a trajetória de investigação consiste em discutir o potencial de cooperação e de autoria individual e coletiva em ferramentas de Groupware quando em interação com sujeitos com deficiência visual.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5753/cbie.sbie.2016.836