O Ensino de Programação com Scratch e seu Impacto na Opção Profissional para Meninas

Francielle Mattos, Vinicius Ferreira, Junia Anacleto

Resumo


Com a ascensão da computação no mercado de trabalho, observa-se poucas profissionais do sexo feminino nessa área. Para fomentar a igualdade de gênero, uma abordagem explorada é do ensino de programação. Como o ensino de programação ainda é desafiador para a área de Educação em Computação, o Scratch surgiu como uma proposta promissora. Assim, este artigo analisa estudos que utilizaram o Scratch como ferramenta para incentivar garotas que estão em período de definição profissional. Foi realizado um mapeamento sistemático para apontar as abordagens que têm sido utilizadas. Como resultado, verificou-se várias iniciativas, mas poucos estudos sendo realizados, principalmente, em relação à eficácia das abordagens pedagógicas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5753/cbie.sbie.2016.300