Learning Analytics como ferramenta para a análise do desempenho dos alunos em Cursos Semipresenciais

Isabel Nunes, Wesley Marques Silva, Jéssica Laisa, Fabiano Ugulino, Márcia Lucena

Resumo


O ensino semipresencial vem-se confirmando como uma forma de educação em que os alunos conhecem o ensino a distância mas possuem o apoio presencial necessário. A avaliação nessa modalidade deve-se, portanto, considerar as duas formas de atuação, tanto atividades presenciais quanto o acesso e a utilização do ambiente virtual devem ser relevantes. Este artigo tem o objetivo de identificar como o acesso ao ambiente virtual pode influenciar no desempenho dos alunos, tanto virtualmente quanto presencialmente, a partir de um estudo de caso no Curso Técnico Semipresencial do XXX da XXX e levantar questões para o melhoramento em cursos que seguem essa modalidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5753/cbie.sbie.2016.280